02042016-IMG_6953_edited.jpg

Veredas Sentimentais

Livros, amor e muito mais

 

"CORINA" - 2 edição

Assim como nos dias de hoje, Corina é uma mocinha que precisa mostrar a que veio. Uma jovem negra, distante de sua terra natal, órfã e sobrevivente, ela aprende a manejar uma espada e atirar uma flecha para proteger aqueles a quem ama - e que ainda estão vivos.
Corina não é uma donzela à espera de seu príncipe encantado, nem sonha em se casar com um duque ou marquês importante: seu único objetivo ao longo da história é resgatar seus primos Pedro e Dante do cativeiro, devolvê-los à Baronesa e recuperar o lar de sua família, tomado pelos homens do Capitão Valentin.
A escrita leve e poética pretende levar o leitor a um período medieval que, como a autora descreve no prólogo, “aconteceu em algum momento entre o nascimento dos cavaleiros da Távola Redonda, na Corte do Rei Arthur, e a disseminação da pólvora. Não que possamos encontrar referências a Lancelote ou Tristão e suas proezas nessa história, mas imaginem que tudo acontece em uma época onde os torneios de cavalaria e suas justas eram o ponto máximo de diversão e entretenimento daquele povo”.

_DSC0877.jpg
 
_DSC0882_edited.jpg

Que bom que você veio!!

Neste espaço você vai descobrir tudo sobre a minha carreira literária, poderá ler meus "ensaios sem nexo", na seção "Blog"  e ainda garantir os seus exemplares dos meus livros físicos disponíveis na seção "Loja". Mas se você é da turma do "digital" e prefere E-book, clica na seção "E-books" e aproveita o precinho camarada! 

 Ah! Se você estiver navegando através do seu celular, tudo isso está disponível naqueles três tracinhos lá em cima, bem ao lado do "carrinho".

Se estiver em dúvida sobre as minhas obras, querendo saber um pouco mais sobre cada uma delas, experimente a seção "depoimentos/resenhas" o clica na seção "Meus Livros" para ler as sinopses.

Cadastre-se para receber nossas novidades ou entre em contato se ficar com alguma dúvida!

Estou muito feliz porque você está aqui!

 

"Ser poeta não é minha ambição, é minha maneira de estar sozinho. "
Fernando Pessoa

Os poemas/textos publicados nesta página estão protegidos pela lei de direitos autorais 9.610.