02042016-IMG_6953_edited.jpg

Veredas Sentimentais

Livros, amor e muito mais

 

"CORINA" - 2 edição

Assim como nos dias de hoje, Corina é uma mocinha que precisa mostrar a que veio. Uma jovem negra, distante de sua terra natal, órfã e sobrevivente, ela aprende a manejar uma espada e atirar uma flecha para proteger aqueles a quem ama - e que ainda estão vivos.
Corina não é uma donzela à espera de seu príncipe encantado, nem sonha em se casar com um duque ou marquês importante: seu único objetivo ao longo da história é resgatar seus primos Pedro e Dante do cativeiro, devolvê-los à Baronesa e recuperar o lar de sua família, tomado pelos homens do Capitão Valentin.
A escrita leve e poética pretende levar o leitor a um período medieval que, como a autora descreve no prólogo, “aconteceu em algum momento entre o nascimento dos cavaleiros da Távola Redonda, na Corte do Rei Arthur, e a disseminação da pólvora. Não que possamos encontrar referências a Lancelote ou Tristão e suas proezas nessa história, mas imaginem que tudo acontece em uma época onde os torneios de cavalaria e suas justas eram o ponto máximo de diversão e entretenimento daquele povo”.

_DSC0877.jpg
 
_DSC0882_edited.jpg

Que bom que você veio!!

 Neste espaço você vai descobrir tudo sobre a minha carreira literária, poderá ler meus "ensaios sem nexo", na seção "Blog"  e ainda garantir os seus exemplares dos meus livros físicos disponíveis na seção "Loja". Mas se você é da turma do "digital" e prefere E-book, clica na seção "E-books Amazon" e aproveita o precinho camarada! 

 Ah! Se você estiver navegando através do seu celular, tudo isso está disponível naqueles três tracinhos lá em cima, bem ao lado do "carrinho".

Se estiver em dúvida sobre as minhas obras, querendo saber um pouco mais sobre cada uma delas, experimente a seção "depoimentos/resenhas" ou continuar rolando para baixo para ler as sinopses.

Cadastre-se para receber nossas novidades ou entre em contato se ficar com alguma dúvida!

Estou muito feliz porque você está aqui!

 

 "JESSY & JOHN"

Romance contemporâneo!

Jessica, uma jovem de São Francisco, muda-se para Manhattan para o cargo de sous-cheff em um prestigiado restaurante, o Ragazzi's. Para morar na cidade dos seus sonhos, ela se despede temporariamente de seu irmão e melhor amigo, Sebastian que, mesmo à distância, continua cuidando da irmã mais nova. A mais de quatro mil quilômetros de sua casa, ela não pensou que fosse ser tão acolhida, abraçada pela cidade, pelas pessoas e, acima de tudo, pelo amor. Uma história sobre despedidas e reencontros, que nos mostra que toda narrativa tem mais de um ponto de vista e que nenhuma esperança é em vão.

rounded-in-photoretrica.png
 

 "CORINA"

Uma linda aventura!

Um naufrágio fez dela uma órfã. Uma ameaça fez dela exímia espadachim. O medo a tornou incomparável no arco e flecha. E um incêndio lhe tirou aquilo que ainda restava.
Agora, sozinha, sem um lugar para onde voltar, ela precisa salvar os primos e devolvê-los à Baronesa. Ela só não contava que, nesta aventura, encontraria um lugar para pertencer e ousaria ser feliz na travessia, não apenas em seu destino final.
“Mais uma vez nos deparamos com o sentimento que transborda de Laura Assis para seus livros.” Joyce Fundão @jooyfun

rounded-in-photoretrica (1)_edited.png
 

Prímulas em Meio à Guerra

Um romance para aquecer seu coração!

"Durante muitos anos, a Literatura universal foi marcada por mulheres frágeis, vistas como puras e ingênuas. Em “Prímulas em meio à guerra”, de Laura Assis, é evidente a desconstrução desse perfil idealizado da figura feminina. Através dos dilemas sentimentais de Lauren, é possível perceber a força de uma mulher que, embora muito jovem, se mostra madura o suficiente para lutar pelos seus objetivos, pela chance de amar verdadeiramente, pelos seus amigos e, sobretudo, pela sua felicidade. Acompanhe esta saga incrível, repleta de romance e história, e descubra que, em tempos de guerra, toda partida pode ser um recomeço.”
(Ana Carolina Morgado)

Design sem nome (5).png
 
Design sem nome (3).png

Galáxia Particular

Devaneios sobre amores raptados

"O que percebemos nos poemas deste agradável livro são os embates da mulher moderna, que preserva a sua liberdade, mas não desiste de encontrar um amor, seja ele como for, seja pelo tempo que durar. Ou nos dizeres do heterônimo de Pessoa, Vicente Guedes, “pode ser apenas uma noite ou pode ser uma aurora.”" (Danielle Melchiades)

 
2020-09-06-17-44-13-325.jpg

Laura Assis

Sou formada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora, geminiana, romântica incurável e, assim sendo, descobri-me poetisa.  Curiosa desde que nasci, ser completamente mutável, mas não volúvel. Observadora dos relacionamentos alheios que, das teorias que encontrei sobre o amor, nada consigo aplicar a mim mesma.
Facilmente impressionável, entretanto, desconfiada como todo mineiro que se preze. Intelectualmente permeável, dona de um coração rebelde e ávido pelo amor, me apaixono facilmente por seres inteligentes e dotados de sagacidade. Extremamente comunicativa, carinhosa e afável, não abro mão daqueles a quem entrego meus cuidados. 

Durante um ano e meio fui colaboradora da "Revista Oblívio", de Juiz de Fora e atualmente participo do "Clube dos Literatos", de Barbacena.

Criei o blog "Veredas Sentimentais" em 2016, onde escrevia sob os pseudônimos "Lise Macpherson" e "Íris Castelo" que, mais tarde, se tornaram personagens do meu romance.

Publiquei, em 2017 o meu primogênito, "Galáxia Particular - devaneios sobre amores raptados" e, em 2020 o meu grande sonho, "Prímulas em Meio à Guerra". 

Organizei a coletânea "O Clube dos Literatos e a Coletânea Fantástica", lançada em Março/2021.

Lancei em 2021 o E-book "O Meu Boi Morreu - Um Conto no Sertão" e em Maio/2021 o E-book "Jessy & John", ambos pela Amazon.

Para o futuro:

Estou trabalhando na aventura "Corina", além de um spin off de "Prímulas em Meio à Guerra", onde os personagens Karen e Joseph vão trazer um pouco mais sobre a guerra e tudo o que veio antes dela.

Tenho histórias com personagens lindos em andamento, como a Irina e seu admirador misterioso... Jessy com todo o refazimento ao qual ela precisa dar início após uma tragédia... e muitos mais que vão surgindo em minha cabecinha dia após dia.

 
 

"O Clube dos Literatos e a Coletânea Fantástica"

Coletânea Clube dos Literatos - 2020

Eu tive a honra de organizar esta maravilhosa coletânea, que veio como uma linda surpresa em um momento tão delicado de pandemia. Além de ser a organizadora deste trabalho, que reuniu alguns dos melhores artistas de Barbacena, tive o prazer de ver incluído nela um trecho do meu conto "O meu boi morreu", que fala sobre Mariana, uma menina que cresceu no sertão brasileiro e cujo melhor amigo era um boi. 
A "Coletânea Fantástica" ainda está aguardando o lançamento, mas já deixo aqui a capa para vocês conhecerem.

Design%20sem%20nome%20(6)_edited.png
 
Design sem nome (5).png

Florilégio do Brasil

Coletânea Editora Pindorama - 2020

Tive o prazer de ver incluído nesta coletânea o conto "Das cinzas para a eternidade" e os poemas "Malogrado", "Ecos na escuridão", "Acima do céu" e "Nua, crua, nada sua", todos de minha autoria.
"A palavra antologia vem do grego e significa florilégio, coleção de flores. Portanto, quando pensamos em reunir as flores literárias dos escritores brasileiros nesta coletânea, o título "Florilégio do Brasil" surgiu de maneira natural, ajustando-se perfeitamente à essência desta série."
(Luciene Brissi)

 
Design sem nome (2).png

Universos Divergentes

Coletânea Editar Editora - 2017

Tive o prazer de ver incluído nesta coletânea, da qual participei como colaboradora da Revista Oblívio, meu poema "The End".
"Vários grupos literários de Juiz de Fora também nos brindam com suas poesias, entre eles: Leia JF, Chá com Poesia, Confraria dos Poetas, Revista Oblívio e UBT (União Brasileira de Trovadores - Seção Juiz de Fora). Contamos também com a participação de autores independentes e de vários escritores que publicaram suas obras através da Editar, além de uma nova geração de poetas jovens e super inspirados. Vida longa à Poesia!" (Cristiane Ramalho Gama)

 

Os poemas/textos publicados nesta página estão protegidos pela lei de direitos autorais 9.610.

"Ser poeta não é minha ambição, é minha maneira de estar sozinho. "
Fernando Pessoa