• Laura Assis

A receita para a mulher perfeita, segundo ele

Por amar um ser comum dos que se vê na rua o tempo todo, entediou-se.

Por enxergar a perfeição nas outras e querer para si todas elas, ensinou-me.

Que a mulher perfeita tem a unha bem feita e sempre grande, não importa quanta louça pra lavar, casa para arrumar.

Que mulher não deixa, jamais, o branco do cabelo aparecer, nem por falta de dinheiro, tempo ou mesmo saco pra fazer.

Que a mulher que ele quer tem silicone, usa salto e se preocupa com o abdômen.

Que a mulher perfeita tem a pele lisa, mas a casa pode ser bagunçada se lá ninguém pisa.

Que a mulher perfeita é um vulcão na cama, mas escolhe pouco e quase não reclama.

Que a mulher perfeita tem que agradá-lo e ser gentil, mas ele não precisa correspondê-la nem em estado febril.

Que a mulher que ele quer é esculpida, desenhada a quatro mãos e um cirurgião.

Que a mulher que ele apresentaria pros amigos tem que brilhar tanto quanto as outras, deixar os queixos no chão.

Que a mulher perfeita ouve, presta atenção e compreende, mas não se importa se ele não a escuta ou não a entende.

A receita da mulher perfeita, segundo o homem que eu teria amado, se não o tivesse visto nu, tem que ser seguida à risca.

Ou ele te esconde pra se satisfazer enquanto continua na busca pela Mulher Maravilha.

Na receita da mulher perfeita, segundo o homem que eu poderia ter amado se não o tivesse enxergado, eu coloquei fogo.

Depois, pensando, entendi que a receita da mulher perfeita é a mais pura forma de expressão de uma alma confusa à beira da solidão.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

BR 381