• Laura Assis

Cala-te!

E se eu dissesse que ninguém é como você

Que ninguém nunca me fez o que você me faz

Se eu dissesse que ninguém sabe fazer

E se eu dissesse que você me leva ao céu

E me traz de volta ao inferno

Em questão de horas

E se eu dissesse que você é sensacional

Mas ao mesmo tempo é um babaca

Que não sabe nada sobre temporais

Ou sobre mulheres de verdade

E se eu dissesse que te amei de verdade

E que você foi um desses caras

Que a gente ama e depois despreza

Pro resto da vida

E se eu dissesse que cada noite

Em que você some e eu ouço

Mil suposições vindas da minha cabeça

De porque nunca está aqui

De porque não fui jamais

A sua prioridade, o principal, o motivo

A razão pra você mudar seus planos

E se eu dissesse que cada uma dessas noites

Um pouquinho do que o que eu sinto

Vai se tornando triste e sumindo

Se escondendo pouco a pouco

E se eu dissesse que ninguém nunca

Me menosprezou como você faz

Mas também nunca me aconchegou

Nos braços como você na hora de dormir

Na verdade eu acho que eu deveria dizer

Que você está todo errado

Que eu sou diferente e só você não vê

Mas o tempo todo você viu

Mesmo nas minhas imperfeições

Que talvez não haja mais ninguém

Como eu, pra você

E mesmo assim preferiu me perder

Me viu saindo, indo embora

E não fez nada pra que eu ficasse

Se eu dissesse tudo isso, seria necessário dizer

A mim mesma que você não fez nada disso por mal

Que apenas não me amou o suficiente pra querer

Que o mundo inteiro percebesse que alguém fazia parte de você

E se eu dissesse que

E se eu dissesse

E se...

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo